Filosofia

O que é shikin haramitsu daikomyo?

imagem do ritual inicial do treinamento

O que é shikin haramitsu daikomyo?

Se você é iniciante nos treinamentos, já deve ter se perguntado, o significado da frase dita no inicio e final dos treinos. Caso for aluno há algum tempo, já deve ter uma noção do que significa a expressão, mas aposto que nunca procurou por conta própria, imagino que escutou de algum sensei ou shihan e até hoje repete no inicio dos treinos, sem fazer muita noção do que é dito. Bom, esse post nasceu de uma dúvida pessoal sobre a origem do ritual de inicio e final de treino, por muito tempo eu repetia “shikin haramitsu daikomyo”, mas não fazia ideia do que estava falando. Lendo alguns textos sobre o assunto, mesmo sabendo o sentido da frase, eu não tinha muita noção do significado, ou quantas palavras formavam a frase, e o que era cada palavra. Foi somente indo atrás das informações que pude finalmente entender o sentido da expressão.

 

A tradição japonesa

A cultura japonesa possui muitos rituais e tradições, alguns vindos da religião xintoísta, outras influencias vieram do budismo. Portanto, é esperado que tais religiões influenciem muitos aspectos da sociedade japonesa, como comportamentos sociais, educação, cultura, artes plásticas, cinema, literatura e também as artes marciais. O ritual do início e término dos treinamentos, em um dojo tradicional, tem origem em tradição xintoísta, no entanto, a frase dita no início do treino é uma expressão budista. Falar a frase e participar do ritual do inicio do treino não fará você um budista ou xintoísta, muito menos precisa ser um praticante de tais religiões para treinar. São rituais que nasceram no Japão, deste modo honramos a cultura de origem da arte marcial que praticamos, repetindo os rituais a cada treino, para que essa ligação com a tradição oriental não se perca. Devemos entender e respeitar tais rituais.

Meu objetivo aqui não é tratar o ritual completo na cerimônia de treino, como a busca da origem das palmas, reverências, etc, para isso faço uma indicação de livro ao final, para quem se interessar. Além de me render mais pesquisa, eu precisaria de tempo para desenvolver um trabalho conciso e completo. Sendo assim, apresentarei apenas a tradução da frase dita no começo do treino, usarei como suporte algumas ferramentas para tradução do japonês, ao mesmo tempo que me basearei em artigos publicados em blogs, deixarei todas as referências da pesquisa ao final do texto.

Antes de iniciar, esclareço que não sou estudante da língua japonesa. Logo, as traduções e reflexões que fiz nesse post tem o objetivo de dar inicio ao entendimento sobre as palavras, não pretendo ser acadêmico ou científico, esse texto serve para iniciar um pensamento e estimular uma busca pessoal de você leitor.

Vamos ao que importa!

 

texto em japonês de shikin haramitsu daikomyo

 

Traduzindo para o português

A cada início e final de treino, todos os praticantes repetem, após o professor, shikin haramitsu daikomyo, em kanji 詞韻 波羅密 大光明. Para tentarmos entender cada kanji e chegar em seu significado individual vamos separar a expressão em partes, e assim somaremos os pedaços para formar o significado total da expressão:

詞 – Se lê shi (シ), que significa: frases, oração ou parte de um discurso.

韻 – É lido in (イン), que significa: rima, elegância, tom.

波 – Pode ser lido como ha (ハ) ou nami (なみ), significa: onda e/ou vaga.

羅 – Pode ser lido como ra (ラ) ou usumono (うすもの), significa: gaze, ou seda fina.

密 – Pode ser lido como mitsu (ミツ) ou hisoka (ひそか), significa: segredo, densidade, cuidado.

大 – Pode ser lido como dai (ダイ) ou ō (おお), significa: grande, largo.

光 – Pode ser lido como (コウ) ou hikari (ひかり), significando: luz, raio.

明 – Há várias leituras para esse kanji, mas principalmente pode ser lido como myō (ミョウ) ou akari (あかり), que significa: brilho, iluminação.

Juntando os significados, formaremos uma frase sem muito sentido, ficaria algo como: “Uma frase com rima em ondas e seda fina, um segredo grande e luz brilhante”. Procurando em alguns blogs, achei uma explicação sobre a origem dessa frase, que vem de uma oração budista, e ler as palavras separadas pode levar a uma sentença sem muito sentido.

 

Evolução da escrita japonesa

A linguagem falada, bem como a escrita (os kanji) evoluiu com passar o tempo, tal qual o seu sentido. Então para compreender melhor o significado dos termos precisamos unir alguns kanji formando outras palavras, mantendo-os da seguinte forma:

詞韻 – Shikin: Essa é uma expressão que significa “o som ou momento da união de polos opostos (luz e trevas, por exemplo).” É também a sensação de harmonia percebido quando se escuta o coração, quando mente e coração estão em harmonia.

波羅密 – Haramitsu: É uma palavra de origem no sânscrito (Paramita). Os Paramita tem origem budista e são “práticas diárias que nos levam a iluminação”.

大光明 – Daikomyo: Pode ser entendido como grande luz brilhante, em conotação budista (e xintoísta também), significa um estado de iluminação, ou de grande sabedoria.

Portanto, vendo a tradução das expressões feita deste modo nos leva a seguinte tradução: “o momento de união entre a mente e o corpo, das práticas diárias podem nos levar a iluminação”. É uma frase que nos leva a refletir sobre o momento presente, e a importância de se estar inteiramente (corpo e mente) presente nos treinamentos pode nos levar ao estado de iluminação (sabedoria). Essa busca deve ser diária e pessoal, só o fato de pronunciarmos essa frase a cada inicio e fim de treino já deveria ser o suficiente para termos esse conceito internalizado.

 

Outros modos de leitura

Há outras traduções possíveis, para a expressão. O termo 光明 (kō myō), pode ser traduzido como: futuro ou esperança. Sendo assim a tradução ficaria: “buscar um futuro iluminado pelo amor, sendo verdadeiro e natural, perseverando com dedicação”. De acordo com alguns ensinamentos de Hatsumi sensei a expressão pode ser também: “há o que se aprender de todas as experiências, sejam elas boas ou más”.

As traduções podem obviamente sofrer alterações, para cada tipo de leitura que for fazer dos kanji. Como disse no inicio do texto, não sou estudioso da lingua japonesa, apenas busquei esses significados para ajudar a compreender o significado da frase. As experiências e conhecimentos são todos sagrados, sendo bons o ruins, devemos buscar tirar uma lição de todos eles, essa é a mensagem por detrás da tradução da expressão. Busquemos então a nossa própria iluminação através do budō!

Buffu Ikkan!

 


 

Indicação de livro:

LOWRY, Dave. O dojo e seus significados. Editora Pensamento, 2012. <link para comprar>

 

Referências da pesquisa:

Dicionário online de kanji 

Artigo da wikipedia sobre shikin haramitsu daikomyo

Shikin Haramitsu Daikōmyō (詞韻 波羅密 大光明)

Comentários no Facebook